quarta-feira, 29 de abril de 2009

SIGA-ME!

João 
21:15-19 Costumo perguntar aos novos seguidores de Jesus: “O que é mais importante? Saber que você ama a Deus, ou que Deus ama você?”. A resposta nunca demora, pois instintivamente sabemos que o amor de Deus é mais importante. Nosso amor falha e desaponta, muitas e muitas vezes, mas o amor de Deus nunca falha. Deus nos ama “com amor eterno” (Jeremias 31:3). Pedro havia negado a Jesus três vezes. Agora, Jesus perguntou a Pedro três vezes se ele o amava. É importante notar que Jesus não menciona que Pedro o negou. Nem uma vez sequer Jesus disse: “Eu avisei que você me negaria”. E Jesus também não perguntou: “Simão, por que você me negou? Por que você fez isso comigo?”. Em vez de triturar Pedro por sua falta passada, Jesus o chamou a examinar seu coração. O Senhor ofereceu-lhe a oportunidade de afirmar o que havia negado – três vezes, também – e deu a Pedro uma missão que apontava para o futuro: “Pastoreie as minhas ovelhas” (João 21.16). Jesus ainda tinha planos para Pedro, ainda o considerava seu discípulo! Mesmo que o amor de Pedro por Jesus tivesse fraquejado, o amor de Jesus por ele permanecia intacto. Jesus queria que Pedro soubesse disso. E que nós também soubéssemos. Ore Senhor, nós te louvamos e agradecemos porque teu amor por nós jamais fraqueja. Dá-nos maior amor por ti, e ajuda-nos a não te negar em nossos pensamentos, palavras ou ações. 
Em nome 
de Jesus. 
Amém.
 Pense O amor de Jesus não nos humilha pelos erros do passado, mas nos oferece a oportunidade de um novo futuro. cadadia.com

2 comentários:

Carla e Erick disse...

Gostei muito do texto e do Blog, realmente o amor de Deus nao nos constrange! bjs

Titiça Neder disse...

E como constrange... Ele é tremendo!!!

Beijos