sábado, 24 de julho de 2010

Simples assim...


Quero um lugar assim para mim!

http://3.bp.blogspot.com/_0UY5zCCjXcY/TEmoXIVreUI/AAAAAAAAK5o/b5GdtyI43Kw/s1600/389_1_8g.jpg

Olhem só os pendentes de tela de galinheiro! Põe o marido para trabalhar...
(via nuevo estilo)

Vai entender...


 http://portuguesbrasileiro.istockphoto.com/file_thumbview_approve/3410422/2/istockphoto_3410422-picnic-series.jpg
Cada dia que passa me surpreende mais as diferenças entre nós seres humano, é interessante passar algum tempo analisando o jeito de ser das pessoas,  das crianças... Como somos diferentes um dos outros, às vezes até damos graças a Deus por isso, não é mesmo? Não queremos ser parecidos com certas pessoas, mas quando nos deparamos com alguém que se comporta "melhor", muitos de nós nem nos damos conta! É por isso que a palavra de Deus diz que o amor dEle nos constrange, deveríamos nos constranger mais quando nos deparamos com comportamentos nobres, esses que muito em breve serão algo raro entre nós. Infelizmente os seres humanos estão tomando a direção contrária, estamos na contra mão da palavra de Deus.

Tenho tentado passar para os meus filhos, que não é somente quando estamos diante de um fato horroroso devemos nos sentir inquietos, boquiabertos. Aprender com os erros dos outros e fazer diferente é importante, mas muito melhor querer ser parecido com quem se comporta de maneira adequada e ficar tão incomodado quanto se nos deparamos com um fato ruim. Já reparou quando chamamos a atenção dos nossos pequenos eles logo dizem que algum coleguinha age assim também, ou quando dizemos que não se pode fazer algo, soltam logo que a mãe do fulano deixa? Meu adolescente é mestre: - Ah! Mãe mas o fulano perdeu muito mais nota que eu! A mãe do cicrano nem vai contar para o pai que ele perdeu nota. O contrário, pelo menos aqui em casa nunca aconteceu, chegar com uma nota abaixo da média e enumerar os colegas que se saíram melhor. Por que será  comparamos nosso comportamento sempre baseados em comportamentos iguais ou inferiores aos nossos, quando não nos comportamos adequadamente? Penso que muitos de nós não mudamos por isso, nos nivelamos sempre por baixo e infelizmente hoje é banal nos depararmos com pessoas que se comportam de maneira egoísta, irresponsável, imoral, enfim, comportamentos intolerantes.